Jandira Feghali diz que grampo de Sergio Moro viola a democracia

Brasília, quinta-feira, 6 de junho de 2019 - 16:16

POLÍTICA

Jandira Feghali diz que grampo de Sergio Moro viola a democracia


Por: Iram Alfaia

A deputada usou sua conta no Twitter para condenar mais um escândalo envolvendo as arbitrariedades cometidas pela Operação Lava-Jato.

Richard Silva/PCdoB na Câmara

A notícia sobre a interceptação telefônica feita pela Lava Jato no escritório de advocacia Teixeira Martins & Advogados, que representa Lula, e ainda produção de relatórios que detalharam ao menos 14 horas de conversas entre os defensores do ex-presidente, foi recebida com indignação por lideranças no Congresso.

Segundo o jornal Folha de S.Paulo, a operação foi feita pela 13ª Vara Federal de Curitiba, comandada na época pelo então juiz Sergio Moro.

A líder da Minoria na Câmara dos Deputados, Jandira Feghali (PCdoB-RJ) diz que o grampo de Moro nos advogados de Lula é uma violação absurda dentro de uma democracia ao direito de defesa e sua privacidade.

“Já não é a primeira vez o ato arbitrário. Em 2016, o então juiz divulgou para imprensa áudio da presidenta do Brasil”, lembrou a deputada.









Últimas notícias

Notícias relacionadas

Sobre nós
Contatos

Área Restrita
Login
Liderança do PCdoB na Câmara dos Deputados
Praça dos Três Poderes, Câmara dos Deputados, anexo II, sala T-12
Brasília-DF - 70160-900 - Telefone: 55 (61) 3215-9732
ascompcdobcd@gmail.com